Dicas para iniciantes em VPN

Dicas para iniciantes em VPN

Você já ouviu falar sobre VPNs e gosta da ideia de um serviço que o ajudará a manter-se seguro online e que irá esconder seu endereço de IP. No entanto, se você for novo nessa área, há uma boa chance de que ainda esteja tentando entender como tudo funciona e o que é necessário para começar. Tomemos um tempo para aprender mais sobre os processos, e então forneceremos algumas dicas simples que você poderá usar quando tiver interesse em começar a usar tais serviços. É mais fácil do que pensa, e pode trazer vários benefícios.

1. Por que uma VPN?

Primeiro, certifique-se de que sabe o básico sobre o que uma VPN pode fazer e por que pode vir a ser uma boa opção para você. As pessoas querem privacidade quando estão online, e é nesse ponto que uma VPN pode ajudar. Ela esconderá seu endereço de IP, o que significa que você poderá visitar sites online – até mesmo aqueles que normalmente se encontram bloqueados em sua região – sem que ninguém saiba que é você quem está visitando esses sites. Isso se mostra útil principalmente para aqueles que vivem em áreas com governos restritivos e para quem quer acessar a melhores catálagos da Netflix.

Outra boa razão para usar VPN é que elas irão reduzir a chance de ser hackeado. É difícil para hackers saberem quem você é, de forma que suas ações na rede estarão mais seguras.

back to menu ↑

2. Dica: Entenda como VPNs funcionam

Uma das melhores dicas para quem está interessado em VPNs é aprender o básico de seu funcionamento. Em vez de apenas providenciar uma VPN e “deixar ela fazer a mágica”, é importante saber como funcionam.

Quando se conecta normalmente à internet, você primeiro se conecta ao seu ISP, ou o serviço provedor de internet. O ISP então faz a conexão com os sites que você visita. Todo o tráfego passa pelos servidores que pertencem ao ISP, o que significa que podem ver e saber exatamente o que você está fazendo e para onde está indo.

No entanto, ao usar uma VPN, você não terá que se preocupar com isso, pois estará conectado aos servidores da VPN. Eles possuem conexões encriptadas, o que significa que ninguém saberá o que está fazendo na rede, e não conseguirão saber para onde seu tráfego está indo. Em alguns casos, isso é chamado de um túnel VPN, mas significa a mesma coisa. Apenas você e o servidor da VPN sabe o que está acontecendo e para onde está indo.

O que isso significa para o ISP? Significa que o ISP não consegue ver ou saber o que você está fazendo, uma vez que tudo é direcionado pelo servidor da VPN. A única coisa que o ISP saberá é que você está usando um serviço de VPN. Ao conectar-se, parecerá que você está se conectando a partir da localização daqueles servidor.

Portanto, se estiver em outro país e quiser assistir filmes do catálogo americano da Netflix, você poderia acessar um servidor de VPN localizado nos Estados Unidos. Ao logar-se na conta da Netflix, terá acesso aos programas disponíveis nos EUA, pois dará a entender que está se conectando a partir dos Estados Unidos.

back to menu ↑

3. Dica: Sinta-se livre para usar hotspots de Wi-Fi

Muitos têm tablets e smartphones que usam para conectar-se à rede. Na verdade, as pessoas usam essa opção para ficar online na mesma medida ou até mais frequentemente do que ficam no computador de casa. Porém, quando você se conecta a uma rede de Wi-Fi pública, isso pode ser perigoso. Hackers e ladrões costumam focar esses lugares. Mas, ao usar um serviço de VPN, sua conexão estará encriptada. Isso significa que, mesmo que um hacker consiga acessar os dados, ele não seria capaz de lê-los. Mesmo se estiver em uma rede Wi-Fi, estará a salvo.

back to menu ↑

4. Dica: Saiba como escolher a VPN certa

Quando estiver escolhendo uma VPN, não pode apenas contratar o primeiro que aparecer. Você precisa fazer a tarefa de casa. Precisa estar certo de que o serviço pode fornecer o máximo de privacidade possível enquanto estiver online. Isso quer dizer que o melhor é escolher uma empresa que não salve nenhum registro. Além disso, é recomendável trabalhar com uma companhia que permita o tipo de atividades que você pretende realizar na internet, como usar serviços de streaming ou torrent. Entenda as políticas das empresas antes de bater o martelo.

Apesar do fato de que assinar um plano mais longo é quase sempre a opção mais barata, talvez seja mais interessante, em um primeiro momento, contratar um plano mais curto, para fazer um “test drive”. Isso ajudará a saber se essa é mesmo a opção certa para você.

back to menu ↑

5. Dica: Conecte-se ao servidor mais próximo de seu destino

Outra boa dica para se ter é: para obter os melhores resultados, escolha sempre um servidor para se conectar que esteja o mais perto possível dos sites ou serviços que deseja visitar. Com toda a encriptação e decriptação, as VPNs diminuirão a velocidade da sua internet. Se quiser resultados mais rápidos, especialmente no caso de streaming de vídeos, escolha os servidores mais próximos do destino.

Por exemplo: se você estiver localizado na Ásia e quiser se conectar à Netflix dos EUA, provavelmente a melhor escolha seria encontrar uma VPN que tivesse servidores na Costa Oeste dos EUA. Felizmente, a maioria dos serviços de VPN tem várias opções de servidores para escolher.

Como deseja a maior velocidade possível, tente encontrar o desempenho de diferentes VPNs em termos de velocidade. Muitas das companhias são transparentes com suas velocidades, e você pode usar avaliações que indiquem quão rápido o serviço será.

We will be happy to hear your thoughts

      Leave a reply